Posts Marcados ciencia

A Lógica do Teletransporte

Neste final de semana assiti ao filme John Carter: Entre dois mundos (John Carter of Mars) no original. Boa história sobre um soldado que é acidentalmente transportado para marte e lá conhece uma gata de uma princesa (a gata Lynn Collins) e a ajuda a enfrentar seus inimigos e a libertar marte da possível opressão. Ok, ok. Nós já vimos isso em muitos outras histórias, certo? Baseado no romance de Edgar Rice Burroughs, mais conhecido como o criador de Tarzan, este conto foi escrito no começo do século 20, quando as ideias de ciência se confundiam com a fantasia.

Mas uma coisa que me pegou mesmo durante o filme foi a explicação encontrada pelo autor para que John fosse “transportado” até Marte. No conto ele é, na verdade, “telegrafado”. É feita uma cópia eletrônica dele da Terra para Marte. Seu corpo continua, inerte, na Terra. Enquanto isso, sua cópia continua sua jornada com as memórias e personalidade de John. Como se fossem suas. Mas espera aí… Elas são dele. Tanto quanto do outro lá na Terra.

Isso é uma coisa que já foi discutida em Ficção Científica. A noção do que realmente seria um teletransporte. Seria até mesmo uma discussão ética se alguma coisa assim realmente existisse. Pensar que você será quebrado em bilhões de pequenos pedaços e remontado depois. O que poderia ser perdido nesse meio termo? Coisas da sua mente, do seu passado? Sua alma, caso você acredite nisso? Ou mesmo que acontecesse como o filme nos mostra e uma cópia sua fosse enviada ao seu destino, enquanto seu corpo ficaria inativo aqui.

Como seria? Nossos processos biológicos iriam continuar normais, mas nossas mentes estariam longe? Pelo jeito que o filme deixa a coisa, o John que ficou na Terra, estaria numa espécie de coma induzido. Ele ficaria aqui babando enquanto sua cópia, seu sonho vívido, percorreria os desertos de Marte com uma princesa-deusa-marciana que se apaixona por ele. E o cara ainda ganha uns super-poderes devido a sua estrutura molecular singular naquele planeta. É um tipo de sonho que todo mundo tem. E acho que o velho Ed Rice teve uns sonhos malucos e conseguiu escrever uma história de ação e aventura bem maneiras, embasadas na fantasia e no conhecimento científico que tínhamos no começo do século passado.

No final, a explicação para o transporte e para a conclusão da saga de John Carter aqui na Terra foi o que mais me agradou no filme. Eu não tinha lido a obra de Burroughs ainda. Nunca achei estes livros por estas bandas. Tão difícil de achar quanto era com os livros do Tolkien antes de virarem aquela magnífica referência de cinema nas mão de Peter Jackson. Andrew Stanton, que dirigiu e cuidou do roteiro, não é o Jackson. Eu sei. Mas um cara que fez algo tão bacana como Wall-e merece nosso respeito em fazer algo desse porte em live action depois de tanto mexer com animações.

, , , ,

Deixe um comentário

Enquanto isso, na ciência moderna 3

E olha lá a ciência moderna nos apresentando mais coisas anormais. E dessa vez é essa britânica que afirma ter duas vaginas. What??? Duas?

Ela afima que tem ainda dois úteros e dois colos de útero… separados! E as duas vaginas estão lado-a-lado. E que um namorado dela achou algo “estranho” quando eles estavam juntos quando ela era mais nova…

Tá bom! Como diriam alguns dos milhares de usuários em fóruns por toda a web: “PICS OU NÃO ACONTECEU!“. E ela é bonitinha, olha aê…

Foda deve ser a TPM dessa mulher aí. Na mulherada normal já é foda de aguentar, imagina essa daí então. hehehehe…

Ah! É a loirinha aí do lado, Ok?

, ,

1 comentário

Enquanto isso, na ciência moderna 2…

Parasita do Mal de Chagas é usado em vacina de cancer

Este é o roteiro do filme “Sou a Lenda 2“. Como é no Brasil, Capitão Nascimento lutará contra o vírus e vai pedir que ele saia.

Crânio de 126 mil anos tem primeiro registro de violência

Viram? Depois falam que bullying é algo que surgiu recentemente. Ah vá!

Idosos com vida sexual ativa são mais felizes

Jura? Não foi para deixar todos felizes que a pílula azul foi inventada?

Sexo é chave para aposentadoria feliz

Muita coisa sobre os aposentados. Quando ouvi que o governo traria boas novas para os aposentados, não era bem essas coisas que o povo pensou…

Menino de 7 anos pode morrer se começar a rir

Essa me deixou assustado. Se voce rir, você morre. Caramba!

, ,

Deixe um comentário

Enquanto isso, na ciência moderna…

Injeção contra colesterol tem bons resultados no primeiro teste

Maravilha hein! Não bastasse injeção contra doenças, agora teremos injeção contra o mal colesterol, LDL (tô certo, biólogos?). Eu que entro em pânico ao ver uma agulha não tomaria isso aí não. Acho que arriscaria mesmo na tal da dieta. Se bem que é um caso a pensar…

Afinal, já tomei várias doses de vacina quando tive uma crise alérgica há alguns anos. Um sacrifício, porque uma dieta não é coisa de gente normal.

 

Pobreza ou riqueza determinam DNA

Claro pô! Isso aí já era conhecido por todos! Afinal, se você tiver grana, vai se casar com uma pessoa que, além da chance de ser rica também, é bonita e tem ótimos genes que vem sendo selecionados ao longo dos séculos na busca do ser supremo…

Não é por isso que os filhos de celebridades e artistas já nascem lindos e fazendo sucesso que nem os pais? Um jogador de futebol feio pra caralho tem filhos com uma modelo e os filhos tem a chance de jogar bola ou cair na mídia fazendo até aviãozinho de papel. Êêêê mundão!!!

 

Aranha fêmea “interesseira” é enganada pelo macho

Dessa aí eu ri e depois finalmente entendi porque diversas “modelos”, atrizes e o escambau chamam o Neymar de lindo. Este estudo com estas aranhas explicaram o que os meros mortais que não tem dinheiro ou sequer um carro pra andar atoa já conheciam. Você conquista – e mantém – por maior tempo a sua “gata” se você tiver atrativos beeeeeeeem visíveis.

 

É. O que a ciência moderna não anda melhorando na nossas vidas, não é?

,

Deixe um comentário

Arroz com sangue…

Calma aí. Não é um novo prato que está surgindo na culinária mundial nem na gastronomia vampírica. Se bem que os vampiros de hoje…

Não vou comentar muito. Vou colocar o texto aqui do mesmo jeito que li no Gizmodo.

Parece um ato de bruxaria, mas na verdade é medicina de ponta. Pesquisadores da Universidade  Wuhan, na China, dizem que eles conseguem criar arroz geneticamente modificado que gera sangue. Sangue humano. No arroz.

O truque está em colocar genes humanos dentro do DNA do arroz, como informa o Telegraph. Isto faz o arroz gerar seroalbumina humana, um componente valioso do sangue humano usado em transfusões.

Mas por que arroz? Porque não é necessário se preocupar com HIV ou outros agentes patogênicos do sangue. Porque não exige uma campanha de doação de sangue – em vez disso, poderíamos cultivar este elemento do sangue em grandes plantações. “Plantar sangue” parece algo bizarro, mas poderia mudar a medicina, criando uma fonte quase infinita de sangue que poderia salvar vidas.

O arroz de sangue já foi criado e testado, e o estudo foi publicado num respeitado periódico científico. A pergunta agora é: quem será o primeiro chef a servir o arroz de sangue?

Não é uma loucura completa? Imagina chegar em casa e ver um arrozinho pronto temperado com hemoglobina. Deve ficar uma delícia.

, ,

Deixe um comentário

Viagem no tempo pode, Arnaldo?

Outro dia vi uma reportagem na qual um físico afirmava que um fóton, a menor particula que compõem a luz, seria incapaz de ser acelerada em uma velocidade superior a da luz. Com isso, eles afirmaram que uma viagem no tempo seria IMPOSSÍVEL. E me peguei imaginando a cara de milhões de fãs de ficção científica (como eu!) que devem ter feito um grande e sonoro: ahhhhhhh! (como eu!).

Mas não é que hoje uma nova reportagem dizendo que um Neutrino pode viajar em velocidades superiores a da luz? Eu já conhecia o neutrino antes assistindo a episódios de Jornada nas Estrelas. E se pode viajar acima da velocidade da luz, o que isso quer dizer??? Que Einstein estava errado na sua teoria de que nada pode viajar acima da velocidade da luz ou porque ainda estamos em um estágio tão baixo de conhecimento do universo que não conseguimos ver tal coisa antes?

Mas se tem uma particula que pode viajar acima da velocidade da luz, o mesmo não se pode dizer de outras coisas. Além disso, não conseguiríamos construir alguma coisa para viajar a esta velocidade, tanto na questão tecnológica quanto na questão de espaço. Um trambolho deste tamanho seria muito difícil de acelerar até esta velocidade sem receber dano nenhum.

Mas os sonhos de viagens no tempo sempre voltam quando algum assunto relacionado acaba por bater de novo em nossa porta. Pena que não viverei tanto para ver isso algum dia.

A não ser que deixe minha vontade registrada e alguém do meu futuro resolva vir aqui me resgatar…

, ,

Deixe um comentário