Arquivo de junho \29\UTC 2011

Estou no Google+

Welcome Google +Recebi um convite para o Google+ (Valeu TOFE!). Isso me fez lembrar da época em que recebi o convite para o GMail. E depois para o Orkut.

E essa é a maneira do Google de causar alvoroço e fazer o interesse ficar imenso para as suas novidades. Não que se as novidades em si fossem já abertas desde seu início, que não iriam causar interesse das pessoas. Talvez porque nos acostumamos a esperar que as coisas criadas pelo Google sejam boas o suficiente para usar.

Mas não estou aqui para falar dos cases de sucesso do Google. Estou aqui para falar do que vi (na rápida) olhada que passei por esta nova visão de rede social na web. Tenho que dizer, primeiro, que das funcionalidades listadas para o que seria o produto final, estão disponíveis pra mim o Sparks, Hangouts e o Circles. E só essas coisas já me deixaram bem empolgados.

Vamos lá!

Circles

De cara, já apareceram 4 círculos (dãh!) identicados para que, através dos meus contatos do Gmail, eu fosse indicando onde cada um iria estar para criar os relacionamentos. Ah! E é tudo Drag and Drop mesmo. Foda e muito bonito e rápido. A partir disso, TODOS os contatos que estiverem nos meus Circles estarão alimentando uma página com qualquer interação que fassa, seja a menor possível (até mesmo iniciar o Hangouts!). Como eu só tenho usando ainda o meu amigo Tofe, só vejo as suas atualizações. Mas já dá pra notar que foi bem inspirado nas timelines de outras ferramentas. E se apresentarem recursos inovadores, vai ficar mais que da hora.

Hangouts

Deu um erro aqui pra mim, mas deve ser pela FALTA de um webcam (acho!) que não tô com isso aqui agora disponível. Vou ter que testar em outra oportunidade. Mas a idéia é interessante e eu vi, inclusive e lá no Timeline, quando meu amigo iniciou seu Hangout!

Sparks

Bem interessante. Ao abrir, já aparace na lista alguns assuntos específicos. Ao clicar neles, aparece um monte de coisas sobre o assunto. Links, vídeos, coisas de blogs, conteúdo gerado por todo o tipo de fontes. E tem também uma caixa de texto para procurar por um assunto qualquer de seu interesse. Apesar de estar tudo em inglês, fiz umas pesquisas em Português e o resultado foi fantástico! Mesmo! E olha só o que procurei. Literatura Brasileira, Memes e Akinator. Fiquei impressionado. Mesmo!

Quando saírem os outros recursos, farei o possível para testá-los também. Mas enquanto isso, vou me embrenhar na tentativa de conseguir o máximo destes itens já apresentados. Vamos ver o que vou conseguir ainda.

Anúncios

, ,

Deixe um comentário

Links legais por aí

Coisas legais que estão rolando por aí e que você provavelmente deixou alguma passar:

Deixe um comentário

Google+

E vem aí o tal do Google+. É a resposta do Google para uma rede social totalmente imersa na capacidade da web de compartilhamento e interação?

Talvez sim. Mas talvez seja algo que vá demandar algum tempo, de acordo com as coisas que eu li a respeito. Tomara que saia algo muito bom daí. Porque quando o Google acerta, sempre sai algo muito bom dos seus serviços. Quando erra, porém… né, Wave???

Mas deixando o pessismismo de lado, acho que isso pode ser muito bacana. +Circles, +Sparks, +Hangouts, +Instant Uploads (what???) e um monte de outros “+” para os diversos  tipos de interação social na web. Algo ainda que nenhuma rede social conseguiu fazer.

Mas se vai realmente funcionar, só o tempo dirá. E eu já estou louco para poder utilizar estas coisas. Pelo menos algumas eu abraçaria sem pestanejar como o +Sparks, para agrupar todas as novidades que rolarem na web automaticamente sobre um assunto de meu interesse. Yeah!

,

Deixe um comentário

Por que Falling Skies pode ser muito legal

Esta nova série tem tudo para ser uma boa série de de scifi para o ano de 2011. E por que isso? Eu tenho algumas idéias, de algumas coisas que eu gostei. E se segui-las, esta série vai ser muito boa, pelo menos pra mim. Então coloco 5 motivos de porque gostei do que vi até agora:

  1. Spielberg: Este cidadão nem precisa de apresentações. Depois de criar contato imediatos com seres pacíficos, ele agora nos apresenta uma raça que vem para nos dominar ou exterminar. Ele tem competência para fazer ótimas coisas, tanto para cinema quanto para televisão. Espero que sua idéia seja forte e com uma boa dose de ação, scifi e um pouco de humor, como ele sempre fez.
  2. Formato: Geralmente tudo começa com a chegada da raça visitante ou invasora. Aqui já começou com tudo o que tínhamos detonado. Não há mais exércitos, eletrônicos e pessoas suficientemente modafocka para sair chutando bundas aliens. Sobraram um monte de tiozinho, jovens e até criançãs com grandes armas e C-4 nas mãos. Isso mesmo! Tem um garotinho com um metranca na mão atirando em aliens.
  3. Humanidade: Não há somente a luta contra os aliens. Há também o espaço pra se mostrar o nosso lado humano. Busca por comida e água, desavenças, festividades, humor, tristeza, liderança, força de vontade, inocência em tempos violentos e conturbados. Tudo isso rodando no meio de uma história sobre uns tipinhos verdes baixotes de 6 pernas que resolveram atacar nosso planeta.
  4. Exagero: Não vi nada exagerado nesse primeiro episódio. Não sei o que virá para o futuro, mas não há, até o momento, alguma indicação de que algo será forçado. Teve apresentação de idéias e vontades dos personagens que, tão rápido quanto disseram, são desacreditados por outros a não prosseguir com a idéia, por ser complexa ou periogosa. Ao enfrentarem uns aliens no episódio, foi posível notar que os personagens preferem fugir, utilizar de estratégias e artimanhas para atacar os aliens em pequenos lotes, nunca um grupo grande.
  5. Possibilidades: Ainda que esteja apenas começando, acho que a idéia é bem legal. E que é possível explorar muito das características que um belo scifi deve fazer. Ou seja, nos fazer relfetir e perceber nossos defeitos e virtudes mascarando-as em um formato que atrai mais que uma simples discussão aberta. Por mais que se apresente isso no dia-a-dia em nossos noticiários, é somente mostrando as coisas em uma nova perspectiva que o ser humano começa a pensar mesmo e a perceber que existem mais coisas ao seu redor.

,

Deixe um comentário

Links por aí

Links de coisas legais espalhadas pela web… Vamos lá!

Deixe um comentário

Saldo do fim de semana

Final de semana, família reunida, sítio alugado, muita bebida. Acho que tinha alguma coisa pro pessoal comer também, apesar de não ter reparado muito nessa parte.

No final a conta ficou assim: 60 litrões, 840 latões, 3 dias e uma média de 100 pessoas por dia pra contribuir e tentar acabar com todo o estoque de bebidas. Ah, tinha algumas garrafas de whisky, vodca, cachaça, vinho e acho que vi até algum campari.

Uma simples comemoração familiar e com alguns amigos para festejar os 50 anos completados pelo meu pai, regados em 3 dias de festa. Usando o tema de Festa Junina, a grande maioria se fantasiou para curtir a noite de sábado, enquanto recebíamos de surpresa a visita de familiares distantes que afirmaram, inicialmente, que era impossível de comparecer. Yeah!

E com isso a festa estendeu-se até a noite de domingo, já na casa do meu pai onde foi consumida a “saideira” ainda. Um bom saldo alcançado com a ajuda de muita gente disposta e alegre por todo o lado.

Já ficamos na espera para a próxima festa. E que não demore, porque não estamos ficando mais jovens (não dormi, então estava bem cansado na segunda-feira!). Mas não desistiremos nunca, render-se então, jamais!

,

1 comentário

5 coisas pra fazer antes de morrer

Estava fazendo uma lista de coisas que tinha que fazer no meu dia-a-dia e me veio algumas coisas a mais na cabeça, é claro.Mas daí eu fiquei com alguns desses itens na cabeça e resolvi fazer uma lista e explicar o motivo e como devem acontecer. Alguns não devem acontecer ao acaso, outros não podem acontecer sem ter mais coisas envolvidas.

É uma listinha pequena, mas bem pessoal que eu pretendo cumprir, pelo menos, 80% dela algum dia.

Vamos lá!

1. Reproduzir a cena de Cantando na Chuva, quando o Gene Kelly dança na chuva!

Motivo: Porque é uma cena maravilhosamente bem feita, coreografada e filmada. Depois porque o personagem está num momento único: encontrou a mulher da sua vida e eles dão o primeiro beijo ali na porta da casa dela. Está reconquistando o sucesso na carreira, tem o apoio de amigos e das pessoas que gosta. tem a chance de viver a vanguarda de sua própria arte. Se ou quando eu tiver um momento desses, é nesse momento que eu adoraria fazer minha própria dança na chuva. Além da música ser maravilhosa!

E seria uma ótima idéia fazer isso mesmo. É só não gripar ou pegar uma pneumonia após fazer uma coisa dessas, hehehe.

Lógico que isso vai ficar na cabeça até o momento certo de ser realizado. Com direito a figurino e tudo…

2. Saltar de uma montanha usando uma wingsuit

Motivo: Velocidade. Não apenas isso, mas com ela você deve ter uma sensação de estar realmente voando e não apenas caindo. Deve ser o mais próximo que o homem fará para se aproximar de um vôo, típico de um super-homem.

E a sensação deve ser maravilhosa mesmo. Pode parecer loucura para alguns, mas é adrenalina pura para mim. E este item está nos meus planos mesmo. Agora que faço paraquedismo, assim que completar um nível foda de aprendizado e pegar a experiência necessária, este será o próximo passo na empreitada.

3. Tocar/gravar minhas músicas, pra registro próprio

Motivo: Um dia vou esquecer TUDO o que eu fiz em termos de música, se eu não começar a gravar o que já compus. Não quero vender/exibir as músicas. Gostaria apenas de gravá-las para guardar mesmo. Ainda mais por elas não serem boas o bastante para uso comercial. Afinal, elas foram feitas por mim para serem apreciadas por mim, utilizando idéias e gostos pessoais para as letras e composições. E acho que isso basta para guardar para as futuras gerações… da família.

4. Visitar TODAS as ilhas existentes no planeta

Motivo: Nenhum em particular, eu acho. Apenas gostaria de chegar nessas ilhas, ficar alguns dias e depois sair de lá. Até mesmo as desertas e sem ninguém perto por algumas milhas. Acho que ia ser interessante pegar uma faca e tentar sobreviver lá por um tempo. O foda seria a parte da comida. Ter que comer algumas coisas cruas, na raça seria o mais desafiador de tudo. Ah, e se pudesse rolar uma companhia (feminina?) seria bom né. Acho que até o Wilson valeria…

Tá! Eu sei que esta pode ser a mais viajada (hehehe) das minhas vontades, mas todo mundo pode sonhar em excesso não é?

5. Comemorar meu aniversário de 1 século

Motivo: Já fiz a comemoração de 1/4 de século. Começo a imaginar o que fazer para a de 1/2 século. Claro que quero viver pelo menos pra chegar no 3/4 de século. Mas imagine se chegássemos a completar 1 século de vida. Isso deve ser ducarvalho. Ainda mais se estivermos lúcidos para curtir a festa também. E a tecnologia avança tanto…

, ,

Deixe um comentário